Como ser blogueira nesse mundo tão cruel?

Ninguém apoia meu trabalho. Ninguém valoriza meu trabalho. As empresas não se interessam pelo meu trabalho. Meu número de seguidores não cresce. Todo mundo me zoa por eu ter um blog… É difícil descobrir como ser blogueira de sucesso nesse mundo tão cruel!

Ok, parece exagero e drama, mas são coisas comuns de ouvir de muitas blogueiras por aí. E um caso específico que ocorreu recentemente me fez questionar: será que a culpa é mesmo dos outros?

UM POUCO DE HISTÓRIA:

Tudo começou com uma postagem do BuzzFeed (site maravilhoso, amo perder um tempinho lá), intitulado “14 Frases que Toda Blogueira Já disse”. Como o título sugere, foram não só citadas frases como “hoje vou ensinar uma make bem leve para o dia a dia”, que muita gente já cansou de ler e ouvir, mas também rolou uma leve crítica referente à profissão (ou o que fizeram dela).

Obviamente, teve gente que não gostou. Uma se sentiu ofendida, outra sentiu que foi exagero, outra achou sem graça, mas foram poucas as que enxergaram a crítica construtiva por trás e citaram o questionamento de que, talvez (só que nem tããão talvez assim), a culpa disso tudo seja justamente de quem faz a blogosfera hoje em dia.

COMO SER BLOGUEIRA NESSE MUNDO TÃO CRUEL?

Me lembro que uma vez soltei algum desabafo feat. dica dizendo que falta originalidade nos blogs e canais hoje em dia e que são poucos que se importam em fazer algo realmente útil e relevante, e tive que aguentar as críticas (boa parte sem pé nem cabeça). Um dos argumentos utilizados pela oposição é o seguinte: “se dezenas de pessoas alcançaram a fama falando besteira na internet, nós também temos chance”. Ok, cada um tem sua forma de pensar, e a minha é a seguinte: se você já começa pensando dessa forma, tenho dó de você.

FAMA, FAMA E MAIS FAMA:

Já se foi o tempo em que ligar uma câmera e começar a desabafar despretensiosamente ou algo do tipo gerava “famosos”. Foi tanta gente que conseguiu se dar bem com isso que a coisa foi se engessando aos poucos, como se fosse uma fórmula pronta e sem atrativo. Pode ser que quando você, que está lendo isso, começou seu blog ou canal tentando seguir justamente a mesma linha a coisa já estava tão mais do mesmo que você, sinto dizer, virou só mais um ou mais uma. Pode reparar: foi tão preciso encontrar um diferencial para quebrar esse gesso que canais com pessoas lindas e maravilhosas, que possuem uma casa bacana e uma vida ainda mais interessante são os que mais estão dando certo, sendo que antes só bastava ter criatividade e uma boa argumentação para as pessoas terem vontade de te assistir.

Mesmo assim, essas pessoas que “estão dando certo” ainda mantem o gesso do “tour pela minha casa”, “tag de sei lá o que”, “maquiagem para tudo na vida” (afinal, tem blogueira que meio que quer convencer a gente que é preciso trocar a make pelo menos duas vezes ao dia, nos poupe) e por aí vai… Como eu havia dito no desabafo que citei: quer fazer assim, faça, MAS TENTE INSERIR UM DIFERENCIAL, CARAMBA!

Por fim, para esse post não virar um livro, te pergunto: será que o BuzzFeed realmente exagerou ou as pessoas estão começando a perceber como essa coisa de ser blogueira está ficando batida? É triste pessoal, mas se não fizermos a diferença, literalmente falando, cada vez mais críticas como essa aparecerão. E também piadas e perda da credibilidade, que já não é lá essas coisas, não é mesmo?

Então, é isso… mais um desabafo, mas espero que leve uma luzinha para a cabeça de cada um que ler. Depois de toda a discussão que já foi gerada sobre isso, gostaria de saber também a sua opinião sobre as 14 frases que toda blogueira já disse, então se der deixe um comentário pro papo continuar, beleza?

Não deixe de colocar um voto nas estrelinhas abaixo para eu saber se curtiu ou não o tema discutido por mim mesma aqui rsrsr.

Bjs =*

Gostou?
Compartilhe usando os ícones abaixo =)

Deixe uma resposta

(*) Required, Your email will not be published