Como ganhar dinheiro com Blog: os 6 métodos mais utilizados pelas blogueiras

 

Eu, assim como milhares de outras pessoas, sou adepta da dica de focar em qualidade e conteúdo em um blog/canal, para depois pensar em ganhar dinheiro com ele (dinheiro que, inclusive, pode vir sozinho se o trabalho for bem feito). Mas, vamos encarar a realidade: ninguém tem muita paciência para esperar, e as dúvidas sobre monetização acabam sendo constantes entre blogueiras e afins.

Por isso, no post de hoje, esse será o assunto principal! Não é preciso muita análise para perceber que existe um “padrão” entre os produtores de conteúdo que envolve basicamente 3 formas de ganhar dinheiro na internet, então vou falar um pouco sobre cada uma delas. Não será nada muito técnico e aprofundado, mas sim uma explicação rápida e com uma ou outra opinião pessoal, que também inclui o ponto de vista do marketing bem feito. Para o texto não ficar muito longo, no final você encontrará mais 3 dicas preciosas do que está sendo tendência nesse meio atualmente, e que com certeza te fará repensar sobre monetização.

Então, vamos lá…

ADSENSE:

É a boa e velha publicidade do Google. É algo bem fácil de se trabalhar, pois basta criar um cadastro submetendo seu blog, site ou canal a uma avaliação, tendo o cuidado de separar um espaço para anúncios e informando quais assuntos você aborda. Havendo aprovação, você só terá que se preocupar em receber sua porcentagem em relação aos cliques. Claro que, além dos cuidados acima, o que irá influenciar MUITO na aprovação e nos ganhos é a qualidade do conteúdo, otimização e outras cositas, mas não vou ficar muito nessa parte técnica, pois quero responder logo a pergunta “compensa utilizar o Adsense?”.

A resposta é sim, afinal se milhões de pessoas utilizam no mundo todo, é por que funciona. Mas existem dois pontos que devem ser levados em consideração, que é a experiência do usuário, MUITO citada em qualquer material que você for ver sobre marketing atualmente, e a sua pressa. É preciso se colocar no lugar do seu visitante e pensar “eu gostaria de entrar num site com propaganda?” e tomar o máximo de cuidado para colocar apenas aquilo que seja estritamente ligado ao seu conteúdo, no caso da sua resposta ser sim.

ganhar dinheiro com adsense

Muitos gurus (se é que cabe usar essa palavra aqui… acho tão demodê) do marketing de conteúdo, que inclusive ganham a vida ensinando pessoas a viverem de internet, defendem a criação de sites e blogs 100% adfree, ou seja, sem propaganda, mas cabe a você decidir o que fazer. Caso decida colocar, fique ciente de que os ganhos não serão gigantescos, e aqui entro no segundo ponto. A porcentagem que você irá ganhar será pequena e vinda de métricas que talvez não sejam do seu conhecimento, inclusive é comum ver pessoas que estão há meses com o Adsense e não ganharam nem R$5,00 ainda, justamente por não terem muitas visitas e não entenderem muito do assunto. No caso do Youtube, por exemplo, como explicado no vídeo desse post aqui, dependendo do caso pode ser necessário conseguir o dobro de visualizações esperadas para se conseguir um valor mínimo. É… pensando bem, não parece mais tão vantajoso, mas tem gente ganhando muito dinheiro com isso, então não custa tentar.

EGRANA:

É a rede de publicidade da qual mais ouço falar atualmente, pois virou febre entre as blogueiras que acompanho. Possui a vantagem de resgate de pagamento quando atinge um valor relativamente baixo e possibilidade de ganhos através de afiliação, bem maiores que o Adsense, mas peca muito na questão da experiência do usuário, que citei acima. Teoricamente, se seu blog for aprovado, você escolhe entre as 3 formas de anúncio disponíveis e o site se encarrega do resto, veiculando apenas propagandas de produtos que tenham a ver com o seu conteúdo.

ganhar dinheiro com egrana

Mas nem tudo são flores, e para os seus leitores essa forma de monetização pode se tornar um pesadelo e até mesmo deixá-los com receio de fazer uma nova visita. É extremamente comum encontrar anúncios inseridos “de forma estranha” e que abrem para páginas duvidosas. Eu, inclusive, já visitei um blog que utiliza Egrana e que me direcionava para outros sites toda vez que eu fazia um mínimo movimento com o cursor. Assim não dá, não é mesmo? Mas também existem as pessoas que estão ganhando dinheiro com essa rede, agradando ou não seu público.

PARCERIAS:

Essa sem dúvida é a “fonte de renda” mais sonhada pelas blogueiras, afinal ganhar para falar de um produto ou tirar uma foto não é uma ideia ruim, né? But, como citei nesse post aqui, as parcerias em si não dão dinheiro, e sim os anunciantes, e esses são difíceis de conseguir. Imagine ter que convencer uma empresa a pagar por um banner no seu blog, ou por um post… É difícil, e também exige um trabalho extremamente bem feito a ponto da equipe de marketing da marca abordada pensar “caramba, esse blog tem tudo a ver com a gente e pode nos dar resultados”.

Aqui não tem segredo, e se tratando de ganhos o céu é o limite. Basta deixar seu blog/canal “redondinho”, estudar as formas de anúncios que podem ser feitas e valores a serem cobrados, e correr atrás de empresas que conversem com o mesmo público que você e que possam se interessar na sua proposta. Sim, parece fácil, mas na prática pode ser mais difícil do que simplesmente colocar uma propaganda do Google ou do Egrana. Os ganhos possíveis, por outro lado, fazem valer a pena. Lembrando: parceria não dá dinheiro, e sim anunciantes.

ganhar dinheiro com parcerias

Viu só como pode ser simples, dependendo do ponto de vista e do esforço? Bem, esse post já está com quase 1.000 palavras, então se você quer conhecer as outras 3 dicas de como ganhar dinheiro com blog, trabalhando de casa e sem esquentar muito a cabeça, clique nesse link aqui. Posso inclusive dizer que essas dicas, assim como a **dica bônus** que deixei no final são as fortes tendências do marketing atual, que estão fazendo a cabeça e a fortuna de muita gente por aí, então mesmo que você não use para o seu blog, pode usar em outro momento para “descolar uma graninha”.

Gostou do post? Então deixe um voto nas estrelinhas abaixo ;)

Se ficou com alguma dúvida ou tem alguma dica sobre monetização, só deixar nos comentários.

Bjs =*

Compartilhe!

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
Gostou?

Author: publicitaty

Share This Post On

2 Comments

  1. Olá Taty! Muito bacana o teu blog. Cheguei aqui depois de visualizar teus vídeos no YouTube ;-)

    No teu post você comentou a questão das parcerias entre blogs e empresas e afirmou que elas trazem anunciantes e não dinheiro… Tenho blog desde 2009 e um público bem bacana (com mais de 1 milhão de fãs no Facebook, por exemplo) e, o que mais recebo são propostas “safadas” de empresa para fazer parcerias… Só que são as chamadas “parcerias por permuta” – que é quando a empresa envia um produto para que o blogueiro escreva sobre ele.

    Acho um absurdo esse tipo de parceria e realmente não faço! Digo que isso é publieditorial, anúncio e que, nesse caso, há um investimento para tal e que o mesmo deve ser sinalizado para as leitoras como “publi” E sabe o que acontece? As empresas caem fora!

    Elas querem enviar um shampoo ou um batom e ganhar um post escrito por mim (profissional na área, jornalista, com credibilidade na web), falando bem do produto… Um post cheio de fotos e divulgado para um público enorme!

    Fico me perguntando se tenho cara de otária ou se eu que não sei fazer a coisa certa porque vejo blogs com público bem menor que o meu, engajamento absurdamente inferior, com periodicidade consideravelmente menor que a minha, feito com bem menos profissionalismo e que conseguem fechar publieditoriais sempre…

    Sinceramente, nunca ouvi falar de parceria que traga anúncios. Só parceria por permuta mesmo – que geralmente é interessante quando você tem um blog há pouco tempo, que está crescendo ainda e tem pouco público. Mas que, no meu caso, passa por uma proposta indecente! (kkkkkk)

    Conclusão: tenho público pra caramba e nada de dinheiro. Talvez não consiga nem mais manter o blog na Internet em 2016… É complicado demais!

    Dá uma luz maior aí sobre essa questão das parcerias que trazem anúncio! ;-) Please!

    Beijos!

     
    Post a Reply
    • Oi Tina =)

      Primeiramente, parabéns! Na verdade o que eu quis dizer é que uma parceria não costuma dar dinheiro justamente pelo fato de as empresas (e blogs) entenderem que ser parceiro significa simplesmente uma troca, como nesse caso que você citou, e trocas não envolvem dinheiro. Já quando uma empresa se interesse e ANUNCIAR no seu blog, ela está sendo uma anunciante, e não uma parceira, pois anunciantes são aqueles que veem seu blog como um veículo de comunicação e pagam para estar nele.

      Do meu ponto de vista, pensando pelo lado lógico da coisa, se você está sendo paga para falar de uma marca, trata-se de uma anunciante, por isso o título do post. Quanto à sua reação perante as propostas, acredito que esteja certa… Você possui uma boa base de seguidores, e deixar que empresas se aproveitem disso para que você as mostre “de graça” é desmerecer o próprio trabalho.

       
      Post a Reply

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ei! Assine a nossaNewsletter

Ei! Assine a nossaNewsletter

Faça parte da minha lista de amigos e receba tudo em primeira mão no seu e-mail!

Legal, você assinou!

Email
Print